quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Licenças concedidas pelo governo do RN

fonte:http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/SEARH/DOC/DOC000000000129004.PDF

AVANÇAR É POSSÍVEL: DO PIOR IDEB DO PAÍS, A SUPERAÇÃO DAS METAS PARA 2021


A Escola Estadual João Tomas Neto, situada na cidade de Lagoa de Pedras foi alvo de inúmeras matérias em jornais potiguares e blogs diversos, por ter tido um dos piores IDEBs do Brasil em 2011, equivalente a 1,0, quando a meta proposta seria de 2,5.
Nos anos de 2014 e 2015, ações como adequação do quadro funcional, parceiras com órgãos diversos, como o SEBRAE, implantação de vários Projetos e comprometimento da equipe funcional, conduziram as turmas do Ensino Fundamental, avaliadas através do 9º. ano a superarem a meta do IDEB estipulada em 3,6, alcançando 4,6, e dessa forma SUPERANDO A META ESTABELECIDA PARA 2021, que seria de 4,1.

Em conversa com a atual diretora da Escola João Tomas, Maria Rosineide de Oliveira Sena, disse que:
“Quero em primeiro lugar agradecer a DEUS, aos professores e funcionários que atuaram e que atuam na Escola Estadual João Tomás Neto, aos pais, alunos e toda comunidade escolar.  Dizer que o nosso compromisso  com a educação, faz com que esta escola ofereça todos os dias  um ensino de qualidade. O reconhecimento do nosso  trabalho é mais que merecido, elevamos o índice  de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 1.0 para 4.6  motivo de grande orgulho para nós que fazemos a E.E.J.T.N.
Ao assumir a gestão no ano de 2012, a escola passou por importantes transformações, administrativas e pedagógicas, porém, o que mais me entusiasma é o crescimento profissional de toda a equipe e a superação diária, focando nossas ações no âmbito pedagógico e administrativo. Isso se constitui de fato no cerne da educação: a reflexão constante de que temos uma equipe comprometida com o ensino e o aprendizado de qualidade.
A comunidade e os pais são grandes parceiros e diretamente responsáveis pelo sucesso da escola, pois, em parceria com a família, o trabalho docente flui e quem ganha são os jovens, ao terem o privilégio de serem capacitados e preparados para o mundo. Esses também estão de parabéns, pois os resultados refletem o esforço de cada um deles em sala de aula e a dedicação nos estudos.
Enquanto professora que sou e gestora, me sinto realizada, e feliz com o expressivo resultado, porém, agora que a euforia com o resultado já está passando, sei da responsabilidade que este índice evoca. Estamos cientes de que manter ou melhorar tal média será mais um grande desafio, mas estamos tranquilos. A escola tem potencial e uma equipe de alto nível. Vamos fazer o que estiver ao nosso alcance para contribuir neste processo e elevar o nome da escola e do município de Lagoa de Pedras-RN.
Esta é a minha missão, filha de professora, filha de Lagoa de Pedras, tenho orgulho de ser professora e lagoapedrense. Mais me orgulho ainda de contribuir com o crescimento dos jovens de Lagoa de Pedras- RN.
Acredito sim na educação pública de qualidade!!!!!
“VAMOS, JUNTOS E UNIDOS TRANSFORMAR PLANOS EM REALIDADE DIFICULDADES EM CONQUISTAS’’
Obrigada a todos que contribuíram!  Juntos, seremos mais fortes!”
                                               
  Maria Rosineide de Oliveira Sena


A 3ª. Parabeniza toda a família João Tomas Neto e deseja que o empenho permaneça e que os frutos desse trabalho possam ser cada vez melhores.

MEC investirá R$ 700 milhões nos programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador

  • Quarta-feira, 28 de setembro de 2016, 17h36
·         Com foco na aprendizagem e na ampliação da jornada escolar para até 10 milhões de estudantes do ensino fundamental e médio de até 47 mil escolas em todo o Brasil, o Ministério da Educação investirá R$ 700 milhões nos programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador.
·         O ministro da Educação, Mendonça Filho, explicou que os dois programas foram reformulados. “No caso do Mais Educação, cujo público-alvo são os estudantes do ensino fundamental, o principal foco do programa, agora, é a melhoria da aprendizagem de matemática e de língua portuguesa. Já o programa Ensino Médio Inovador tornará obrigatórios quatro campos de atividades e as redes estaduais de ensino terão autonomia para alterar um desses quatro campos”, disse.
·         Na adesão de 2016 a ser executada pelas redes de ensino em 2017, o MEC investirá R$ 400 milhões no Mais Educação, para atender entre 15 mil e 40 mil escolas com 140 alunos, em média, o que pode totalizar de 2,1 milhões a 5,6 milhões de alunos, dependendo do número de adesões para os modelos de 5 horas ou 15 horas semanais além do período normal de aulas.
·         A ampliação da jornada em 15 horas semanais contará com 8 horas de acompanhamento pedagógico, sendo 4 horas de língua portuguesa e 4 horas de matemática. As demais 7 horas serão distribuídas entre atividades de livre escolha da escola a partir de um leque de opções. Essas 15 horas poderão ser distribuídas em períodos de duração diferentes ao longo da semana.
·          As escolas que não contam com a infraestrutura necessária para oferecer o tempo integral, poderão participar do programa com a ampliação de 5 horas semanais para atividades de acompanhamento pedagógico em língua portuguesa e matemática.
·         De acordo com a Secretaria de Educação Básica (SEB) do MEC, as mudanças no programa Mais Educação se basearam na avaliação de impacto publicada pela Fundação Itaú Social em novembro de 2015.
·         O estudo apontou que as escolas que participaram do Mais Educação, de 2008 a 2011, apresentaram redução no desempenho de matemática, além de não ter gerado nenhuma melhoria nas taxas de abandono escolar e no desempenho em língua portuguesa. Estes resultados foram encontrados tanto nos anos iniciais, quanto nos anos finais do ensino fundamental.
·         “As escolas com baixo índice socioeconômico e baixo desempenho no índice de desenvolvimento da educação básica (Ideb) serão priorizadas nesta versão e as redes terão maior papel na definição das escolas que ofertarão o programa”, disse o ministro.
·         O programa será executado ao longo de um ano letivo para que os resultados possam ser aferidos ao final desse período e o MEC oferecerá orientações para a implantação do acompanhamento pedagógico, com sugestões sobre como selecionar, monitorar e formar os mediadores de aprendizagem, assim como sugestões de materiais pedagógicos e metodologias para garantir melhores resultados.
·         Adesões – Criado em 2007, a última edição do Mais Educação foi em 2014. Não houve adesões ao programa em 2015. Historicamente, o programa vem sendo executado a partir do meio do ano, o que não condiz com o calendário escolar.
·         A edição de 2014 do programa alcançou 8,31 milhões de alunos. No entanto, os dados do Censo Escolar não refletem os números do programa, indicando somente 4,5 milhões de alunos do ensino fundamental em tempo integral, no mesmo ano.
·         Inovador – O MEC dará continuidade ao programa Ensino Médio Inovador, cujo orçamento a ser executado em 2017 é de R$ 300 milhões, o que permitirá atender 4,5 milhões de estudantes em 7,3 mil escolas.
·         O programa visa apoiar as secretarias estaduais no desenvolvimento de ações de melhoria da qualidade do ensino médio com ênfase nos projetos pedagógicos que promovam a discussão e reorganização da flexibilização dos currículos.
·         O programa Ensino Médio Inovador, nesta versão, passou por alguns ajustes, tornando obrigatórios quatro campos de atividades, incluindo acompanhamento pedagógico em língua portuguesa e matemática. As redes estaduais de ensino terão autonomia para alterar um desses quatro campos.
·         Outra novidade é que o programa passará a priorizar as escolas de acordo com o nível socioeconômico aferido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira (Inep). Além disso, o programa incorporou o campo de integração curricular mundo do trabalho e protagonismo juvenil. “Nesta versão, o programa terá metas definidas por escola e rede e monitoramento contínuo das ações”, acrescentou o ministro.
·         As opções da jornada são de cinco ou sete horas diárias, ampliando o tempo dos estudantes na escola e buscando garantir um ensino médio mais atrativo que oferte uma formação ampla ao jovem, o que é fundamental para tornar a escola significativa, com o objetivo de reduzir as taxas de abandono e melhorar o desempenho dos estudantes.
·         Assessoria de Comunicação Social 

Dr. Jarbas Bezerra e Dra. Lígia Limeira idealizadores do SETEMBRO CIDADÃO participam do evento na Escola Manoel Dantas


E. E. Dr. Manoel Dantas realiza Culminância do Projeto Setembro Cidadão
A E.E.Dr. Manoel Dantas localizada em Santo Antônio e jurisdicionada a 3ª Dired, encerrou neste dia 28 de setembro, as atividades relacionadas ao projeto "Compreendendo e Exercitando a Cidadania", desenvolvido neste mês em comemoração ao Setembro Cidadão.
O evento promovido pela escola contou com a parceria e a participação dos idealizadores do Projeto Dr. Jarbas Bezerra e Dra. Lígia Limeira que na ocasião falaram da importância do projeto e da relevância em discutir temas como Educação, Cidadania e Democracia.
Na culminância do projeto houve exposições de trabalhos produzidos em sala de aula pelos estudantes e alguns professores realizaram apresentações de música, dança, paródia e dramatizações que possibilitaram ao público presente refletir sobre temas como diversidade, respeito, tolerância, solidariedade, bullyng, qualidade de vida, inclusão social, democracia, cidadania e desperdício de alimentos.
Além das belíssimas apresentações dos estudantes da Instituição, inclusive do Programa Mais Educação, também abrilhantou o evento o grupo de flautas (Som do Gueto) – um projeto social do município – que encantou todos os presentes com uma linda apresentação.
No final do evento houve um sorteio de 15 mudas de plantas (espécies diversas) doado pelo Parque das Dunas.
Para todos que compõem a Escola Estadual Dr. Manoel Dantas o evento superou as expectativas, tanto pelo êxito das atividades, quanto pela forma dinâmica, criativa e diversificada que cada professor trabalhou e apresentou sua temática.




quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Química do Riso na Escola Rosa Pignataro


A Escola Estadual Rosa Pignataro, na cidade de Nova Cruz, jurisdicionada à 3ª. DIRED, tem realizado em parceira com os alunos e a Professora Rafaelly (amiga da escola) atividades diferenciadas que promovem ações cidadãs, elevação da autoestima e responsabilidade social, uma vez que se irmanam em prol causas sociais, construindo valores morais que enaltecem o homem.
O Projeto Beneficente, Química do Riso, a cada dia expande alegria à várias crianças de nossa cidade, o projeto surgiu a partir da dedicação da Amiga da Escola, Professora Rafaelly Paiva, e vários alunos comprometidos com as atividades escolares, essa semana a visita foi feita aos alunos da Escola Irmão Pedro Soares (escolinha da Maçonaria), é muito empolgante ver esses alunos atuando e trazendo alegria a outras escolas.
O projeto citado tem como principal objetivo desenvolver, em diferentes cenários da sociedade novacruzense, ações lúdicas como:
Apresentar Música terapia;
Apresentar dinâmicas;
Propiciar momentos de descontração e alegria aos alunos e profissionais das Instituições;
Promover a integração dos alunos da Escola Estadual Rosa  Pignataro, enfatizando a importância do trabalho interdisciplinar e da ação social.
Divertimento e carinho em busca de risos e expressões de felicidade dos participantes.
A Escola Estadual Rosa Pignataro agradece a todos os colaboradores que fazem parte desse belo projeto.


Setembro Cidadão da Escola Estadual Djalma Marinho


Ontem (27/09/16), foi realizado o "Setembro Cidadão" da Escola Estadual Djalma Marinho, na cidade de Nova Cruz, jurisdicionada à 3ª. DIRED.
A equipe do Djalma Marinho palestras, salas temáticas enfatizando a importância dos esportes na saúde física e mental, sobre os cuidados com as drogas lícitas e ilícitas, além da apresentação do Projeto Pró-Natureza que ornamentou uma sala e realizou durante o evento a doação de 200 mudas de árvores frutíferas.

Os alunos realizaram apresentação de peças teatrais que evidenciaram questões cidadãs e a importância de respeitar as diferenças individuais.
A equipe da Secretaria de Assistência Social da cidade de Nova Cruz participou do evento com a exposição de livros e com  aplicação de flúor e distribuição de material para higiene bucal, entre outras ações. 
A participação dos alunos, ex-alunos e comunidade escolar estava evidente.

Parabéns a todos os envolvidos!

INSCRIÇÃO NO CURSO DE GESTÃO ESCOLAR: GESTÃO DE ELEIÇÕES


Atenção senhores gestores e membros da comunidade escolar. Começou ontem um curso para quem pretende ser diretor e vice-diretor nas eleições escolares deste ano.
Todos os dados e orientações estão disponíveis na pasta do blog chamada ELEIÇÕES PARA DIRETORES 2016.

INSCREVAM-SE IMEDIATAMENTE!

domingo, 25 de setembro de 2016

ESCOLA ALBERTO MARANHÃO DE NOVA CRUZ CONVIDA A COMUNIDADE PARA O SETEMBRO CIDADÃO


RESULTADO OFICIAL DA I FEIRA DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DA 3a. DIRED



LISTA DAS ESCOLAS

NOTAS

ESCOLA
PROJETOS PARA A FEIRA DE CIÊNCIA DIRED

Metodologia

Criatividade

Clareza e Objetividade

Relevância Social

Geral
EE Joaquim Da Luz
1.    Reutilizando o lixo eletrônico, construindo um ambiente sustentável e criativo
240
280
250
260
1030
EE Antonia Guedes Martins
2.    Plantas medicinais
200
160
180
230
770
EE João Tomas Neto
3.    Geradores de energia limpa e sustentável
210
230
220
250
910
EE Edmundo Neves
4.    Cordializando a aprendizagem
200
240
210
240
890
EE Alberto Maranhão
5.    9ª ano: Orientação Sexual na Adolescência
180
210
220
240
850
6.    Laboratório de reciclagem
190
200
230
230
850
EE Rosa Pignataro
7.    9º ano: Experimentos alternativos, uma maneira prática de ensinar ciências.
270
300
280
250
1100
8.    Confecção de aparatos experimentais utilizando materiais do dia-a-dia.
250
270
280
230
1030
EE Djalma Marinho
9.    Sustentabilidade Familiar
240
220
240
260
960
EE Djalma A Marinho
10.                  Produção de tapioca utilizando-se energia térmica gerada por um fogão solar de forma parabolóide
290
280
290
260
1120
EE Antonio De O.  Fagundes
11.                  Vulcanismo e seus processos químicos no espaço geográfico
170
190
210
170
740
EE Dr. Pedro Velho
12.                  Melhorando o desempenho em matemática e física com a plataforma Arduino
260
280
280
260
1080
EE Diógenes Cunha Lima
13.                  Ciência e Tecnologia: Uma contribuição para a aprendizagem.
270
270
270
260
1070
EE Prof. Joaquim Torres
14.                  Lançamento de foguetes, através da água

180
210
200
190
780
EE Domitila Noronha
15.                  Todos contra o Aedes Aegypti.
200
190
210
260
860
EE Dom Joaquim De Almeida
16.                  Ações Sustentáveis na escola: Horta e Jardinagem
200
220
240
250
910
EE Professora Ocila Bezerril
17.                  Como falar línguas: inglês e espanhol através de seriados e filmes
280
270
260
260
1070